sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Uma história lamentável


Tudo estava perfeito, sábado de carnaval, praia e a Grazielly, uma menina de 3 anos, brincava na areia ao lado da mãe em Bertioga, Litoral Norte de São Paulo. Porém, essa história não teve um final feliz, em uma fração de segundo um jet ski, pilotado por um adolescente de 13, a atinge. O jovem e sua família deixaram o local sem prestar qualquer tipo de socorro. Enquanto isso, o drama da Grazielly prossegue, ela aguardou 40 minutos por ajuda médica, mas não adiantou, ela faleceu.


Indiscutivelmente essa história é lamentável, ela provoca comoção e indignação na sociedade. Todos opinam mostrando sua tristeza e apontam os culpados. Na verdade, há tanta coisa envolvida que não dá para creditar a culpa em alguém/algo especificamente. 

Primeiro, o Estado, onde está a fiscalização proibindo que jet skis sejam conduzidos por menores de idade e sem habilitação. Sem falar que o atendimento médico necessário para tentar salvar a menina demorou 40 minutos decisivos. Onde está o responsável pelo jet ski? Creio que um adolescente de 13 não levaria e colocaria sozinho o veículo em funcionamento. Onde estão os pais do jovem que deixou o local do acidente sem prestar qualquer tipo de socorro ou apoio? E o piloto? Com 13 anos já se espera responsabilidade e cuidado. Por fim, chega-se à Grazielly, ela não é culpada por estar onde estava se divertindo, mas ela pagou caro por uma sequência de erros.

3 comentários:

  1. Pois é Leandro, sempre busca-se alguém para culpar por tudo, não é? Mas, realmente, não há só um culpado. Percebe-se uma sequência de erros cometidos por má fiscalização, ineficácia no atendimento e irresponsabilidade por parte do menor e dos pais. Culpar somente a uma pessoa é ser, no mínimo, ignorante. Lamento muito por essa família...

    ResponderExcluir
  2. O dono da moto aquática, é José Cardozo, politico de Suzano, dono de aterro para lixo da região do Alto Tietê. Com vários processos na Cetesb, esta sempre apoiando (ou é apoiado) por qualquer partido que se venda mais fácil. Por suas sujas manobras é chamado de Barão Traíra, por todos que o conhecem. Neste infeliz episódio, as atitudes da Policia relapsa (demorou cinco dias para iniciar a investigação) demonstram claramente onde o "Barão" irá depositar a sua suja fortuna. Como informou o JN, e a Kawasaki, Jet Ski é marca registrada, o nome genérico é moto aquática.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...